A receita médica digital é uma realidade em várias clínicas e consultórios médicos, principalmente aqueles que fornecem teleconsultas e se preocupam com a acessibilidade em seu atendimento.

Mesmo sendo um segmento bastante tradicional, a tecnologia também chegou nessa área e já existem uma série de novidades que facilitam o trabalho dos profissionais envolvidos e seus pacientes.

Quando falamos sobre as melhorias tecnológicas em ferramentas do mundo da medicina, a primeira coisa que nos vem em mente são máquinas de exames super avançadas ou em como as cirurgias podem ser aprimoradas. Mas se pararmos para pensar, conseguir uma prescrição de remédio sem precisar sair de casa é um avanço bem mais presente em nosso cotidiano.

O que é receita digital?

A receita digital é uma prescrição médica virtual que pode ser enviada em arquivo PDF aos pacientes. Por conta da pandemia e das recomendações de isolamento social que duraram mais tempo do que esperávamos, as consultas médicas pela internet cresceram e as prescrições online passaram a ser mais utilizadas.

De acordo com a Portaria nº 467 do Ministério da Saúde, publicada em 20 de março de 2020, para validar a receita digital o médico deve ter certificado digital credenciado pela ICP-Brasil. Além de seguir todos os requisitos de preenchimento da legislação sanitária, ela deve conter a assinatura do médico e estar nos modelos A3, token ou cartão.

Benefícios da assinatura médica digital

  • Economia de papel e recursos financeiros em clínicas e hospitais; 
  • Agilidade para prescrever medicamentos; 
  • Receber os documentos médicos por diferentes canais digitais, como e-mail, WhatsApp;
  • O paciente ganha uma leitura mais legível das recomendações e medicamentos;
  • O paciente possui mais conforto e acessibilidade para aqueles que não podem ir até a clínica ou consultório médico.

Quais medicamentos podem ser prescritos digitalmente? 

Não são todos os remédios que são permitidos ser receitados dessa forma, mas uma grande variedade pode ser obtida assim. 

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão regulamentador de procedimentos de prescrição digital, permite a emissão de receitas médicas para os seguintes medicamentos:

  • Antimicrobianos 
  • Ansiolíticos 
  • Antidepressivos 
  • Anticonvulsivantes 
  • Antipsicóticos 
  • Controladores de hormônios

Além disso, você pode utilizar plataformas de emissão de documentos digitais para emitir outros documentos, como: 

  • Solicitações de exames 
  • Atestados médicos 
  • Relatórios médicos

Aqui na D4Sign, nós facilitamos todo esse processo e você pode adquirir sua assinatura digital de forma bem mais prática. Assim, você moderniza sua forma de atendimento sem se preocupar com burocracias. Faça um teste gratuito da nossa ferramenta e saiba como ela pode otimizar a sua rotina e do seu paciente: d4sign.com.br

Deixe uma resposta